Última actualização --->

 

09/26/17, 10:00 PM

 

• DC (Drought Code)

Índice de Seca

993.7

• DMC (Duff Moisture Code)

Indice de Humidade da Manta Morta

106.4

• FFMC (Fine Fuel Moisture Content)

Indice de Humidade do Combustível Fino

92.2

• ISI (Initial Spread Index)

Indice de Propagação Inicial

5.8

• BUI (Build-Up Index)

Índice de Combustível Disponível

167.9

• FWI (Fire Weather Index)

Índice Meteorológico de Perigo de Incêndio

26.3

 

      > 31 - Risco Extremo     

 25 a 31 - Risco Muito Alto 

       17 a 24 - Risco Alto      

    8 a 16 - Risco Moderado   

         0 a 7 - Risco Baixo      

Índice de Perigo de Incêndio

Índice de Perigo de Incêndio

O Fire Weather Index (FWI) faz parte do Sistema Canadiano de Indexação do Perigo de Incêndio Florestal (CFFDRS) que tem sido desenvolvido desde 1968. O FWI é um indicador relativo da intensidade do fogo, determinado pelas condições meteorológicas e estado de secura da vegetação. Incorpora os dados meteorológicos de temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento a 10 m de altura em terreno aberto e a quantidade de precipitação acumulada das últimas 24 horas, observados às 12 UTC. 

Por intensidade do fogo entende-se a libertação de energia por unidade de comprimento da frente de chamas, que se exprime em kW/m, e se manifesta visualmente pela dimensão da chama. A intensidade do fogo condiciona a possibilidade do seu controlo e extinção. Assim, a classificação de perigo de incêndio baseada no FWI reflecte o grau de dificuldade das operações de combate caso o fogo ocorra.

Este índice é calculado a partir de um conjunto de factores relacionados conforme o esquema abaixo:

  •  DC (Drought Code) – O Índice de Seca mede o teor de humidade dos combustíveis florestais (húmus e materiais lenhosos) de grandes dimensões e que se encontram entre os 8 e os 20 cm de profundidade. Fornece indicação dos efeitos sazonais da seca sobre o stress hídrico da vegetação mais profunda, a qual reage mais lentamente aos efeitos da precipitação e da seca e mostra a probabilidade do fogo atingir grande profundidade nos materiais. Um longo período de tempo seco (o sistema usa 52 dias) é necessário para secar estes combustíveis e afectar este índice. Um valor de 200 é considerado Alto e 300 ou mais é Extremo. Queimadas não deverão ser permitidas quando este valor se encontra acima de 300.

  •   DMC (Duff Moisture Code) – O Índice de Humidade da Manta Morta mede o teor de humidade do húmus e materiais lenhosos de média dimensão que se encontram até 8 cm abaixo da superfície do solo. Estas materiais demoram mais a secar que as camadas mais superficiais. As condições atmosféricas das duas últimas semanas afectam significativamente este índice. O sistema utiliza um período de 12 dias para calcular este valor.  Um valor de 30 é considerado Seco e acima de 40 indica a possibilidade de fogo intenso nestas camadas. Queimadas não deverão ser permitidas quando este índice se encontra acima de 40.

  •  FFMC (Fine Fuel Moisture Content) – O Índice de Humidade do Combustível Fino classifica os combustíveis finos mortos, que não ultrapassam os 6 mm de diâmetro, quanto ao seu conteúdo em humidade, medindo o seu grau de inflamabilidade. Este tipo de combustível é de secagem rápida e são os responsáveis pela facilidade da ignição dos combustíveis florestais. Este índice indica a relativa facilidade de inflamação destes combustíveis. O nível de humidade do combustível fino é muito sensível às condições atmosféricas. Um único dia de chuva ou de maior intensidade de vento afecta bastante este índice. O sistema utiliza um período de 16 horas. A escala é de 0 a 99. Valores acima de 70 são Altos e acima de 90 são Extremos.

  •  BUI (Build-Up Index) – O Índice de Combustível Disponível avalia a quantidade de material vegetal disponível para combustão. É calculado em função do DMC e DC. A escala vai de 0 a infinito. Um valor de 40 é Alto e acima de 60 é Extremo.

  •  ISI (Initial Spread Index) – O Índice de Propagação Inicial estima a velocidade com que o fogo avança na sua direcção principal de propagação, a partir de parâmetros meteorológicos. É calculado a partir do índice FFMC considerando o factor Vento. A escala vai de 0 a infinito. Um valor de 10 indica uma propagação Rápida e um índice de 16 ou superior indica uma propagação Extremamente Rápida.

  •  FWI (Fire Weather Index) – O Índice Meteorológico de Perigo de Incêndio é calculado em função dos sub-índices ISI e BUI. Encontra-se dividido em cinco classes de Perigo:

     0 a 7 - Risco Baixo;    8 a 16 - Risco Médio;    17 a 24 - Risco Alto;    25 a 31 - Risco Elevado;    > 31 - Risco Extremo